Dicas para Salão de Beleza

Razões para seus clientes te abandonarem

Você se esforça, se vira em dois para finalmente conseguir abrir seu tão sonhado negócio. No início as coisas vão bem, você consegue uma clientela bacana quando de repente o movimento cai. Aquelas pessoas que vinham com mais frequência começam a desmarcar, outros não voltam mais e você se pergunta o que está fazendo de errado. 

Separamos algumas razões que podem ser responsáveis pelo abandono de seus clientes. Que tal lê-las com atenção e fazer um autodiagnóstico no seu salão ou barbearia?

1) A comunicação entre você e seu cliente é fraca

Você ouve seu cliente? Você realmente cortou dois dedinhos como a cliente pediu ao invés de um palmo? O perfil de cliente do século 21 é altamente ligado em detalhes e não se contenta com um produto ou serviço que não condiz com o que ele pediu.

Explique as coisas para seu cliente, diga a ele o que está fazendo, qual o próximo passo, quanto vai durar o procedimento. Informe-o sobre tudo que estiver incluso no valor de forma clara e seja sempre o mais transparente possível. 

2) Você não se comporta como um profissional

Você pode parecer inseguro, ou sabichão demais. Pode parecer empolgado e feliz ao extremo ou entediado e cansado demais para dar toda a atenção que seu cliente precisa e merece.

O corpo fala e a forma com que você se comporta diz muito sobre você. Preste mais atenção em coisas que você fala na frente dos clientes, se reclama ou fala demais de problemas pessoais. As roupas que você veste devem demonstrar sua personalidade, afinal de contas você é a cara do seu estabelecimento, então tudo que sai de você e de seus funcionários repercute no conceito e reputação do salão ou barbearia. 

3) Você não se esforça tanto assim

Alguma vez seu cliente pediu para clarear mais as mechas ou cortar um pouco mais do lado direito e você enrolou ou tentou convencê-lo de que daquele jeito estava bom? Se você já fez isso é possível que seu cliente tenha se decepcionado com a sua impersistência. 

Mostre a seus clientes que você é esforçado e que o mais importante para você é que eles saiam contentes com o resultado. Faça de tudo para consertar, pinte novamente até chegar na tonalidade desejada, resolva o problema. 

Se você não tiver essa postura, o cliente até vai embora sem reclamar, só não espere que ele volte tão cedo.

4) Você sempre atrasa

Ir ao cabeleireiro é igual ir ao médico, já sabemos que vai atrasar ou demorar um pouquinho, principalmente se for para pintar, maquiar ou fazer algum penteado. Porém, alguns profissionais ultrapassam os limites de tolerância, marcam várias pessoas em horários próximos, não calculam corretamente o tempo de duração de cada procedimento e fazem aquela bola de neve de clientes esperando de cara feia.

Então, comece os atendimentos no horário combinado, não deixe seu cliente esperando mais que o necessário, seja ágil, principalmente se a pessoa vai a algum evento e não pode chegar atrasada. Fique atento, conquistar seu cliente depende muito mais de você mesmo do que qualquer outra coisa.

5) Seu ego é mais inflado que um balão de ar quente

É chato demais ser atendido por alguém que tem “o rei na barriga”, só fala sobre si mesmo, suas experiências e o quanto é maravilhoso ser o melhor cabeleireiro ou barbeiro do mundo. Não seja esse profissional. Entenda e se comporte como se os clientes fossem as estrelas do seu salão e não você. 

6) Você não faz a menor ideia do que está fazendo

Não tem simpatia que salve um serviço ruim. Estude, faça cursos, pratique milhares de vezes se for preciso, mas mostre ao cliente que você tem habilidade e possui conhecimento técnico para atendê-lo com excelência. 

7) As pessoas não se sentem bem no seu estabelecimento

Dê uma olhada ao redor, seu salão ou barbearia convida as pessoas a entrar, sentar e pedir um cafezinho? O ambiente é acolhedor? As instalações devem ser receptivas e promover uma sensação de conforto e pertencimento ao seu cliente, isso inclui cuidar da energia do local, evitar fofocas e comentários desnecessários sobre outros clientes e tratar a todos com carinho fazem toda a diferença.

 

Para muitas pessoas, ir ao salão é um momento de autoamor, de relaxar, jogar conversa fora e até chorar as pitangas. Mas, para que se sinta assim, é importante que você faça o possível para que ele esteja à vontade no seu estabelecimento. Torne-o um local em que as pessoas se sentem tão bem que esquecem da hora e não querem mais ir embora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *